TELEFONE

(24) 2463-1523

E-MAIL

GOVERNO@PAULODEFRONTIN.RJ.GOV.BR

PAULO DE FRONTIN | RJ

PRAÇA ROGER MALHARDES 75

Peneira do Clube Audax no Campo da Ferroviária.

Na tarde deste sábado(19) aconteceu a peneira do Clube Audax, no Campo da Ferroviária, buscando novos talentos do futebol. O coordenador do clube, Renato Asevedo, esteve presente junto ao nosso Secretário de Esportes, Leleco, e acompanhou a seleção que contou com mais de 60 meninos entre 16 e 20 anos, que deram um show, mostrando seus talentos em campo.

A vinda do Clube Audax para nossa cidade trará novas oportunidades para todos aqueles que sonham em ser jogadores de futebol, transformando nossa cidade no principal centro do esporte, em todo o Vale do Café.

Que o Futebol é uma grande ferramenta de ensino, isso é certo!
Além disso, a possibilidade de dar aos nossos jovens uma oportunidade através do esporte, a parceria visa tirar os nossos meninos do ósseo, dando a eles, também, a oportunidade de aprender um pouco mais sobre disciplina, trabalho em equipe, companheirismo, comprometimento e tantos outros benefícios que o esporte pode acrescentar.

O testemunho de um dos melhores jogadores do Mundo comprova o quanto este esporte é capaz de mudar a vida de uma pessoa:
“O futebol nos ensina a criar hábitos saudáveis e, sobretudo, disciplina. Mas, dormir bem, alimentação regrada e treinos é apenas uma pequena parcela de tudo que envolve em uma preparação de um atleta profissional.
A preparação do jogador também deve ser mental.
Ao longo da minha carreira, consegui agregar certos valores dos campos que consigo transportar para outros aspectos da minha vida pessoal e profissional.

1.Nem sempre o mais importante é quem faz o gol.

Durante q minha segunda passagem pelo São Paulo, todo mundo falava da importância que eu tinha dentro do time. Mas eu nem sempre estava fazendo gols. Tentava instruir e compartilhar experiências que vivi e que me fizeram crescer como atleta e profissional. Passar isso para os jovens era uma das minhas obrigações – e uma das coisas que eu mais gostava de fazer. Mesmo com uma carreira sólida, é preciso ter humildade para aprender com os outros também.

2. Esforço = Recompensa

Aprendemos com o futebol que precisamos ter compromisso e que nosso esforço recompensa. Não contentar-se em ser mediano e treinar seus pontos fortes, e mais ainda seus pontos fracos, é uma qualidade de vencedores.
Acredite: se você se limitar a sua zona de conforto, não haverá conquistas.
O Senna – que é um grande ídolo meu –, por exemplo, no início da carreira tinha dificuldades em competir debaixo de chuva. Foi justamente por esse motivo que resolveu treinar repetidamente a pilotagem em pista molhada. Seu esforço foi recompensado e se destacava em corridas com essas condições.

  1. “Para chegar onde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz” – Bill Gates

Eu sempre tive isso em mente. Sempre fui o primeiro a chegar e o último a sair dos treinos. Se todo mundo não gostava de determinado exercício e não dava muita importância para ele, era ali que eu me esforçava ainda mais para me diferenciar e ganhar uma vantagem competitiva. Isso tem muito a ver co disciplina. Torne-se um especialista, faça algo a mais que os outros, mas que realmente faça a diferença.

  1. Treine, corrija e treine de novo

Repetir diversas vezes uma jogada até que fique perfeita, por exemplo, vai te deixar mais confiante e calmo em repeti-la durante um jogo oficial – justamente porque você já treinou diversas vezes e sabe que é capaz. A constância de um jogador é um mérito, e não sorte.

  1. #TogetherWeAreBetter

Ninguém vence um jogo sozinho – e isso não se restringe ao elenco principal. Quem vence é o time, o conjunto de todos os jogadores, preparadores e torcida. Cada um tem um papel fundamental e complementar dentro da equipe, o mérito deve ser reconhecido e compartilhado.

  1. Às vezes você ganha, às vezes você aprende

Aprenda com as suas vitórias e ainda mais com as suas derrotas, essa é umas das maiores lições que podemos tirar do futebol. Perder faz parte do jogo – e da vida! Ao reavaliar uma derrota, aprendemos a refletir sobre o que podemos fazer para melhorar nosso desempenho. Isso é importante para percebemos o valor do nosso esforço em cada conquista.”
KAKÁ – ex jogador de futebol e eleito o melhor jogador do mundo em 2007